» Notícias

Notícias

«O triunfo do amor nos dramas da História»

Curso6p

Irmã Ângela Coelho orienta curso sobre a mensagem de Fátima

A Irmã Ângela Coelho, postuladora da causa de canonização de Francisco e Jacinta Marto, orientou a 9ª edição do curso sobre a Mensagem de Fátima, o fim-de-semana passado, 9 e 10 de janeiro, na casa de retiros de Nossa Senhora do Carmo em Fátima.

Participaram 66 pessoas de várias partes de Portugal. Tal como nas edições anteriores do curso, para além da teoria, os participantes tiveram a oportunidade de vivenciar momentos celebrativos e de oração pessoal e comunitária, colocando em prática a mensagem de Fátima.

O curso dividiu-se em treze temas que permitiram percorrer a história das aparições do anjo e de Nossa Senhora aos pastorinhos, enquadrando-as teologicamente. A Irmã Ângela Coelho incentivou os participantes a retirarem as implicações práticas da mensagem de Fátima para a vida de cada um, uma vez que se trata de “uma mensagem muito vasta e com muitos elementos religiosos que constituem um anúncio de esperança para os homens e mulheres do nosso tempo”.

A primeira edição do curso aconteceu em 2013 e ultrapassou as expetativas dos organizadores que logo pensaram numa nova edição do curso. Desde então o interesse não diminuiu, o que fez com que já se tenham realizado nove edições do mesmo.

SD

Boletim de Outubro-Dezembro disponível para Download

BolPastorinhosDezPort-1

Já se encontra disponível para download no site dos Pastorinhos a edição de Outubro-Dezembro do boletim da Postulação de Francisco e Jacinta Marto.

Esta publicação, de periodicidade trimestral, é editada desde 1963, e procura dar a conhecer e aprofundar a espiritualidade dos pastorinhos de Fátima, assim como os acontecimentos relacionados com a divulgação da mensagem de Fátima. Está disponível em 7 idiomas (português, inglês, espanhol, italiano, francês, alemão e polaco) e é enviado para mais de 190 países em todo o mundo.

Boletim de Julho-Setembro disponível para Download

PortuPastorinhoSetem-1

Já se encontra disponível para download no site dos Pastorinhos a edição de Julho-Setembro do boletim da Postulação de Francisco e Jacinta Marto.

Esta publicação, de periodicidade trimestral, é editada desde 1963, e procura dar a conhecer e aprofundar a espiritualidade dos pastorinhos de Fátima, assim como os acontecimentos relacionados com a divulgação da mensagem de Fátima. Está disponível em 7 idiomas (português, inglês, espanhol, italiano, francês, alemão e polaco) e é enviado para mais de 190 países em todo o mundo.

Boletim de Abril-Junho disponível para Download

Portugues1-4-1

Já se encontra disponível para download no site dos Pastorinhos a edição de Abril-Junho do boletim da Postulação de Francisco e Jacinta Marto.

Esta publicação, de periodicidade trimestral, é editada desde 1963, e procura dar a conhecer e aprofundar a espiritualidade dos pastorinhos de Fátima, assim como os acontecimentos relacionados com a divulgação da mensagem de Fátima. Está disponível em 8 idiomas (português, inglês, espanhol, italiano, francês, alemão, húngaro e polaco) e é enviado para mais de 190 países em todo o mundo.

11 de junho – 107º aniversário de nascimento de Francisco Marto
Francisco o “consolador”

Francisco

Celebramos hoje o 107º aniversário de nascimento do Beato Francisco Marto. Francisco nasceu em Aljustrel, paróquia de Fátima, a 11 de junho de 1908 e foi batizado a 20 de junho.

“O Francisco não parecia irmão da Jacinta senão nas feições do rosto e na prática da virtude. Não era, como ela, caprichoso e vivo; era, ao contrário, de natural pacífico e condescendente. Quando, nos nossos (jogos) e brincadeiras, algum se empenhava em negar-lhe os seus direitos por ter ganhado, cedia sem resistência, limitando-se a dizer apenas: – Pensas que ganhaste tu? Pois sim! A mim isso não me importa. Não manifestava, como a Jacinta, a paixão pela dança; gostava mais de tocar o pifarito, enquanto os outros dançavam. Nos jogos, era bastante animado, mas poucos gostavam de jogar com ele, porque perdia quase sempre. Eu mesma confesso que simpatizava pouco com ele, porque o seu natural pacifico excitava, por vezes, os nervos da minha demasiada vivacidade. Às vezes, pegava-lhe por um braço, obrigava-o a sentar-se no chão ou em alguma pedra, mandava-lhe que estivesse quieto e ele obedecia-me, como se eu tivesse uma grande autoridade. Depois, sentia pena, ia buscá-lo pela mão e vinha com o mesmo bom humor, como se nada tivesse acontecido. Se alguma das outras crianças porfiava em tirar-lhe alguma coisa que lhe pertencesse, dizia: – Deixa lá! A mim que me importa?” É assim que Lúcia descreve Francisco no seu livro de memórias.

Ele que era o mais contemplativo dos três pastorinhos. Passava horas na igreja a consolar a Nosso Senhor e Nossa Senhora, era essa a sua maior preocupação. A tal ponto que, aquando da sua doença e já perto da sua morte, Lúcia lhe pede: “- Então vê lá: Não te esqueças de lá pedir muito pelos pecadores, por o Santo Padre, por mim e pela Jacinta.” Ele responde: “- Sim, eu peço. Mas olha: essas coisas pede-as à Jacinta, que eu tenho medo de me esquecer, quando vir a Nosso Senhor! E depois antes o quero consolar.”

Na homilia do dia 13 de Maio de 2000, dia em que foram beatificados o Francisco e a Jacinta, o Papa João Paulo II refere: «Ao beato Francisco, o que mais o impressionava e absorvia era Deus naquela luz imensa que penetrava no íntimo dos três. Só a ele, porém, Deus se dera a conhecer “tão triste”, como ele dizia. Certa noite, seu pai ouviu-o soluçar e perguntou-lhe porque chorava; o filho respondeu: “Pensava em Jesus que está tão triste por causa dos pecados que se cometem contra Ele”. Vive movido pelo único desejo – tão expressivo do modo de pensar das crianças – de “consolar e dar alegria a Jesus”».

Sandra Dantas

Fonte: Santuário de Fátima

7ª Edição do curso sobre a mensagem de Fátima

Curso

De 5 a 7 de junho a Irmã Ângela Coelho, postuladora da causa de Canonização dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, orienta a 7ª edição do Curso sobre a Mensagem de Fátima. Terá lugar na Casa de Retiros de Nossa Senhora do Carmo, com início marcado para as 20:00 do dia 5, com o jantar e término a 7 pelas 13:00, com o almoço.

As várias edições do Curso têm contribuído para que, quem se interessa pela mensagem de Fátima, possa aprofundar os seus vários aspetos e fique a conhecer melhor cada um deles.

Os conteúdos abordados serão os seguintes: Enquadramento teológico das aparições: significado das mariofanias; Relevância e significado permanente de Fátima; Acontecimentos e protagonistas de Fátima; Centralidade de Deus e convite à adoração; O rosto trinitário de Deus na Mensagem de Fátima; A adoração eucarística como convite a uma atitude oblativa; Maria como figura intercessora e a oração do Rosário; Maria como expressão da presença materna de Deus; O Coração Imaculado de Maria introduz-nos na compaixão de Deus pelo mundo; A pedagogia do Segredo: do medo à esperança; A reparação como convite a participar na ação salvadora de Deus; A consagração como entrega e acolhimento; Biografia e perfil espiritual dos Videntes de Fátima.

Não perca esta oportunidade de conhecer e vivenciar a espiritualidade fatimita.

Para mais informações: Serviço Executivo do Centenário / Curso sobre a Mensagem de Fátima: 249 539 600 (tel.), congressos@fatima.pt

Desdobrável

Cartaz

Boletim de Janeiro-Março disponível para download

Portugues-1

 

Já se encontra disponível para download no site dos Pastorinhos a edição de Janeiro-Março do boletim da Postulação de Francisco e Jacinta Marto. Esta edição edição conta com um layout completamente renovado, como terá a oportunidade de verificar.

Esta publicação, de periodicidade trimestral, é editada desde 1963, e procura dar a conhecer e aprofundar a espiritualidade dos pastorinhos de Fátima, assim como os acontecimentos relacionados com a divulgação da mensagem de Fátima. Está disponível em 8 idiomas (português, inglês, espanhol, italiano, francês, alemão, húngaro e polaco) e é enviado para mais de 190 países em todo o mundo.

105º Aniversário de Nascimento de Jacinta Marto
Jacinta, a primeira apóstola de Fátima

Jacinta

“Chama-se Jacinta de Jesus, tem sete anos de idade… Bastante alta para a sua idade, um pouco delgada sem se poder dizer magra, de rosto bem proporcionado, tez morena, modestamente vestida, descendo-lhe a saia até à altura dos artelhos, o seu aspeto é o de uma criança saudável, acusando perfeita normalidade no seu todo físico e moral. Surpreendida com a presença de pessoas estranhas, que me tinham acompanhado e não esperava encontrar, a princípio mostra um grande embaraço, respondendo com monossílabos e num tom de voz quase impercetível às perguntas que lhe dirijo”.

É desta forma que o Cónego Formigão caracteriza Jacinta, no momento em que vai interrogar os pastorinhos. Uma criança normal para a sua idade. Porém, a sua normalidade foi tocada pelo divino com as aparições de Nossa Senhora, que mudaram a sua vida para sempre. Embora tenha vivido poucos anos, apenas 10, a sua vida foi um exemplo de compaixão pelos outros. Antes das aparições, no entanto, como refere Lúcia nas suas memórias, tinha um caráter demasiado melindroso, o que tornava para Lúcia a sua companhia bastante antipática. Após as aparições de Nossa Senhora, Jacinta descentrou-se totalmente e a sua maior preocupação foi a de oferecer sacrifícios para salvar as almas do Inferno: “Tenho tantas dores no peito! Mas não digo nada; sofro pela conversão dos pecadores.”

No seu 105º Aniversário, fazemos memória daquela que foi a primeira apóstola de Fátima. Foi precisamente a Jacinta que provocou a divulgação dos acontecimentos de Fátima: “No dia 12 de setembro de 1935 eram transladados, do cemitério de Vila Nova de Ourém para o de Fátima, os restos mortais da Jacinta. Nesta ocasião, tiraram-se diversas fotografias ao cadáver; algumas delas foram enviadas pelo Sr. Bispo à Irmã Lúcia que, então, se encontrava em Pontevedra. Agradecendo essa lembrança, com data de 17 de novembro de 1935, entre outras coisas, Lúcia dizia: «Agradeço reconhecidíssima as fotografias. Quanto as estimo, não posso dizer. Em especial à da Jacinta eu queria, mesmo à fotografia, tirar aqueles panos que a cobrem, para vê-la toda; estava como numa impaciência de descobrir o rosto do cadáver, sem me dar conta de que era um retrato; estava meio abstrata, tal era a minha alegria de voltar a ver a mais íntima amiga de criança. Tenho esperança de que o Senhor, para glória da Santíssima Virgem, lhe concederá a auréola da santidade. Ela era uma criança só de anos. No demais, sabia já praticar a virtude e mostrar a Deus e à Santíssima Virgem o seu amor, pela prática do sacrifício…» Estas recordações tão vivas de Lúcia sobre a sua primita Jacinta induziram o Sr. Bispo a mandar-lhe escrever tudo o que se recordasse dela.” Foi desta forma que nasceram as Memórias da Irmã Lúcia, através das quais temos acesso à história das aparições.

Sandra Dantas

Fonte: Santuário de Fátima

Irmã Ângela Coelho fala às crianças sobre os Pastorinhos de Fátima

Festa dos Beatos Francisco e Jacinta Marto: Encontro com os Pastorinhos

A tarde do dia 20 de fevereiro, Festa Litúrgica dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, foi dedicada às crianças, na Basílica da Santíssima trindade. Marcaram presença mais de 400 crianças, vindas das escolas de Fátima.

Cerca das 14:30, teve início uma catequese sobre os Beatos Francisco e Jacinta Marto, realizada pela Irmã Ângela Coelho, postuladora da causa de canonização dos Beatos. A Irmã Ângela fez-se ajudar por três crianças, com as mesmas idades dos pastorinhos, para dizer às crianças ali presentes que a história que iria contar passou-se com crianças como elas. Referiu também que iria contar apenas um ano dessa mesma história, o ano de 1917, aquele ano das aparições de Nossa Senhora.

Começou por contar como tudo aconteceu na primeira aparição e que, num primeiro momento “foram só as meninas que viram Nossa Senhora.” A Lúcia então perguntou a Nossa Senhora porque é que o Francisco não a conseguia ver e Nossa Senhora respondeu que ele tinha que rezar o terço para a poder ver. O Francisco obedeceu à Lúcia e pouco depois de começar a rezar já conseguiu ver Nossa Senhora. Segundo contou a Irmã Ângela, a Lúcia pergunta a Nossa Senhora se ia para o céu, ao que esta responde que sim, pergunta também sobre a Jacinta e a resposta é a mesma, em relação ao Francisco a resposta de Nossa Senhora é que sim, mas terá que rezar muitos terços. Este é também o convite, o primeiro convite que Nossa Senhora nos faz, rezar o terço todos os dias. E continua assim a história das várias aparições até chegar à última aparição, em que se encontravam na Cova da Iria 70 mil pessoas e Nossa Senhora faz três pedidos: rezem o terço todos os dias; façam uma capela em meu nome e não ofendam mais a Nosso Senhor.

Para finalizar a sua catequese, a Irmã Ângela pergunta às crianças se estas querem fazer alguma pergunta. Elas não se fazem rogadas e perguntam: “Porque é que a Lúcia foi a última a morrer?”; “O que é imaculado?”; “De que é que morreram o Francisco e a Jacinta?”; “Qual foi o segredo?”. Perguntas às quais a Irmã Ângela responde de forma simples para que elas possam compreender. No final a Irmã Ângela manifesta às crianças o desejo de que “os pastorinhos sejam na vossa vida uma luz a iluminar o vosso caminho”.

Sandra Dantas

Vigília dos Beatos Francisco e Jacinta Marto

Vigília

“Cantemos alegres a uma só voz:

Francisco e Jacinta, rogai por nós.”

Foi este o refrão que marcou o ritmo da vigília de oração, celebrada esta noite na Capelinha das aparições. Hoje, 19 de fevereiro, vigília da Festa Litúrgica dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, começamos já a celebrar esta Festa. Presidiu à vigília, o padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima.

A Capelinha das Aparições encheu, pelas 21:30, com todos aqueles que quiseram marcar presença neste momento celebrativo, onde se rezou, de modo especial, pela canonização destas duas crianças que demonstraram que a santidade é possível em todas as idades da vida e por mais curta que esta possa ser.

Após a recitação do terço, rezou-se a oração pela canonização dos dois Beatos, Francisco e Jacinta Marto. Seguiu-se a procissão até à Basílica de Nossa Senhora do Rosário, onde cada um dos presentes pode fazer a veneração nos túmulos dos Beatos.

Sandra Dantas

2 / 1012345...10...»»